Escolha uma Página

Um dos grandes desafios das organizações está em lidar com a instabilidade econômica e a crescente mudança de comportamento no ambiente de trabalho. Em razão disso, os gestores buscam atuar estrategicamente com medidas para reduzir os custos na empresa, melhorando os resultados financeiros sem prejudicar o desempenho e a produtividade dos colaboradores.

Neste artigo, você vai conhecer 8 estratégias de redução de gastos voltadas especificamente para o setor de Recursos Humanos. Além disso, entenderá como as consultorias especializadas oferecem soluções interessantes e já mostram ser uma excelente alternativa para otimizar resultados ou reduzir o impacto financeiro em seus negócios. Acompanhe!

1. Definindo metas de redução de custos na empresa

A partir do momento em que o gestor identifica a necessidade de reduzir custos dentro da organização empresária, é importante que esteja claro para todos os envolvidos no processo como será desenvolvido o trabalho estratégico financeiro.

Para que isso aconteça, o primeiro passo é a definição de metas específicas de redução de custos. Elas devem levar em consideração as particularidades do negócio, como o perfil dos colaboradores, o desempenho destes profissionais no trabalho e as necessidades da companhia.

Dessa forma, a primeira medida a ser tomada no sentido de reduzir custos é a elaboração de uma estratégia. Nela, devem estar presentes os objetivos que representam a realidade da empresa.

2. Otimizando a jornada de trabalho

Depois de traçadas as metas, é hora de pensar em soluções práticas, que tragam resultados eficientes para a redução de custos. A primeira delas é a análise da jornada de trabalho.

A otimização da jornada leva em consideração a ideia de que quanto melhor for aproveitado o tempo em que o funcionário está exercendo suas atividades, menor será o período que ele passa dentro da companhia. Neste processo, ambos lucram: o colaborador ganha qualidade de vida e a empresa reduz os custos com horas extras e infraestrutura.

Para otimizar a jornada, você pode investir na limitação do acesso a redes sociais e sites de notícias durante o horário de experiente. Outra opção é orientar seus colaboradores quanto à otimizar suas pausas para o café, por exemplo.

Essa mudança de comportamento permite a redução da jornada de trabalho extra. Assim, garante-se que o horário em que o profissional se encontra dentro da empresa seja aproveitado com foco maior no desempenho de suas atividades.

3. Considerando medidas como a terceirização

A recente mudança na legislação permitiu que as empresas passassem a contratar funcionários para a execução de atividades-fim do negócio. Dessa forma, o mercado ampliou as possibilidades de contratações terceirizadas.

E essa pode ser uma medida eficiente quando o assunto é a redução de custos na empresa. Alguns profissionais que são requeridos esporadicamente podem ser retirados do quadro de colaboradores fixos, vindo a ser contratados somente quando for necessário.

Entretanto, vale destacar que é importante que você avalie as características e o perfil da organização antes de adotar tal estratégia. Verifique se, na prática, esse tipo de contratação funciona efetivamente para o seu negócio.

4. Avaliando a adequação à legislação trabalhista

Os gastos com ações trabalhistas geram um impacto financeiro muito grande nas empresas. Muitas organizações foram levadas à falência em razão de pesadas multas e condenações trabalhistas.

Portanto, é imprescindível avaliar as formas de contratação e a adequação dos contratos de trabalho à legislação. Isso pode ser feito com o auxílio de uma assessoria jurídica especializada, que avaliará a situação do negócio e oferecerá soluções que visem à conformidade das posturas internas com as normas em vigor.

5. Investindo em férias coletivas

As férias coletivas são uma excelente maneira de reduzir custos para as empresas. Nos períodos do ano em que há uma diminuição da produção, vale a pena considerar a concessão de férias para os funcionários.

Muitas companhias já adotam tal prática no final no ano e nos períodos em que é verificada uma baixa demanda. Dessa forma, elas reduzem suas despesas relacionadas à infraestrutura e aproveitam para liberar os profissionais que estariam com pouco trabalho.

6. Otimizando os processos

Mapear o negócio e conhecer as características e particularidades de todos os seus setores são ações importantes para identificar oportunidades de otimização de processos. Assim, é possível melhorar o fluxo de trabalho e eliminar rotinas que despendam muito tempo ou gerem burocracias desnecessárias.

Além disso, tal entendimento permite identificar oportunidades para investir em colaboradores, o que pode levar ao treinamento e à melhora do rendimento da equipe. Todas essas medidas garantem não só a redução dos custos, mas também a melhora dos resultados, devido ao ganho em produtividade.

7. Adotando um banco de horas

O banco de horas é uma excelente medida de redução de gastos com horas extras. Com ele, a empresa pode recuperar o tempo extra de trabalho oferecendo folgas ou estendendo os períodos de férias de seus colaboradores.

Vale destacar que esse banco deve ser estabelecido de acordo com a legislação trabalhista. Ou seja: a compensação ocorre no ano corrente de sua formação — caso contrário, a empresa fica obrigada a remunerar o colaborador por horas extras.

8. Estruturando os benefícios corporativos

Muitas companhias oferecem benefícios corporativos para a sua equipe sem elaborar um planejamento de custos com antecedência. Para investir nessa área, é necessário contar com uma consultoria especializada em gestão de benefícios.

Profissionais especializados permitem identificar as necessidades dos colaboradores, avaliando o que pode ser oferecido e estruturando os benefícios de acordo com o perfil de cada um. Além disso, vale destacar que, antes de oferecer benefícios corporativos, é necessário avaliar quais deles fazem parte do acordo sindical (nos casos em que houver um).

A consultoria especializada possui, portanto, um papel importante no auxílio à otimização dos resultados da empresa. Trata-se de uma aliada estratégica na redução de custos do negócio.

O mercado empresarial que oferece benefícios aos seus colaboradores atua, em grande parte, assessorando e orientando tais profissionais. Também são oferecidos planos compatíveis com as estratégias financeiras da organização, em uma atuação conjunta com o setor de Recursos Humanos.

Ficou interessado em reduzir os custos na empresa? Entre em contato com a New Action Consultoria e conheça nossas soluções em gestão de benefícios e nossos programas de qualidade de vida!