Escolha uma Página

Muitas pessoas, quando abordam o tema “como ser um líder”, compreendem apenas a relação existente entre uma pessoa com cargo superior e seus subordinados. No entanto, o que vamos abordar neste artigo, não é bem essa relação, e sim, a que existe entre um profissional e seus clientes. Seja no momento de uma negociação, da apresentação de uma proposta, bem como, no desenvolvimento de um trabalho já firmado.

Líder x chefe: entenda a diferença

Talvez você já deva ter ouvido a expressão: o ideal é ser um bom líder e não um bom chefe. Mas afinal, qual a diferença entre esses dois termos?
Basicamente, denomina-se um chefe quando uma pessoa assume um cargo de gestão, mas com atitudes egoístas e autoritárias. Já no caso de um líder, ela também tem um cargo de gestão, mas uma postura mais colaborativa e parceira em relação aos seus subordinados. Veja essas atitudes características de cada denominação:

 
O chefe:

– Fala diretamente com seus empregados, com decisões já tomadas, sem ouvi-los;
– Delega tarefas e cobra resultados;
– Os subordinados costumam ter medo do chefe e evitam o contato, tanto visual quanto verbal.

O líder:

–  Escuta os subordinados e troca ideias com eles;
– Mantém seus subordinados motivados para baterem metas juntos;
– Os subordinados de um líder se sentem valorizados.

Como ser um bom líder

O primeiro passo para ser um bom líder é compreender como agir e se comportar diante de seus subordinados. No caso do tratamento com os clientes, eles não são seus subordinados, pelo contrário, é você que está prestando um serviço a eles. Mas, e se você deixasse de ser apenas um ouvinte, que aceita as condições determinadas pelos seus clientes e passasse a assumir uma posição de líder?! Já pensou nisso?

 
Muitas vezes, o cliente precisa que aquele que está a sua frente assuma uma posição firme, que apresente soluções para que sejam conversadas entre todos os envolvidos. Liderar é trabalhar junto em busca de um objetivo comum.

 
Um bom líder também está sempre disposto a aprender, afinal, não sabemos tudo. Reconhecer isso é importante. Seu cliente pode ter muito conhecimento que você ainda não saiba e que pode ser importante para você fechar novos negócios futuramente. Por isso, deixe o ego e a arrogância de lado, procure sempre ouvir e aprender.

 
Por fim, o líder ajuda, ele se preocupa com a situação do outro e apresenta soluções e ferramentas que possam lhe dar o suporte necessário. Assim, não seja passivo nessa relação com seus clientes. Seja um bom líder!