Escolha uma Página

O Recursos Humanos (RH) da empresa é o setor responsável por conciliar os interesses da instituição e dos colaboradores por meio de ações de seleção, capacitação, treinamento, avaliação, incentivos, monitoramento e recompensas, entre outros.

Assim, as empresas devem utilizar indicadores de RH para determinar o valor e a eficácia das estratégias utilizadas por elas mesmas. Eles auxiliam na mensuração dos resultados dos processos, programas e metas estipuladas. É uma forma objetiva de avaliação que serve de base para a determinação de ações futuras da organização.

No texto de hoje, falaremos sobre os principais indicadores de RH que devem ser acompanhados para uma gestão eficiente na empresa. Continue a leitura e acompanhe!

Recrutamento e seleção

O recrutamento diz respeito ao conjunto de processos utilizados pelo setor de Recursos Humanos com o intuito de atrair candidatos potencialmente qualificados para a companhia, sendo escolhidos por meio do processo de seleção.

Entender e melhorar o método de admissão da instituição traz maior eficiência corporativa, uma vez que o aperfeiçoamento da equipe de seleção fará que a escolha de novos profissionais para as vagas disponíveis ocorra com maior rapidez e de forma mais acertada. Os indicadores de RH devem apontar quais as táticas são mais eficientes para a contratação de profissionais qualificados, o que terá impacto direto sobre a qualidade do trabalho.

Absenteísmo

O absenteísmo é uma dos principais indicadores de Recursos Humanos de qualquer empresa, pois aponta as taxas de ausência dos colaboradores, além de identificar as causas e motivações para seu acontecimento. O não comparecimento de um funcionário pode trazer grande impacto para a eficiência da equipe e gerar custos extras, seja por motivo de doenças ou outros fatores pessoais.

As faltas podem estar ligadas a condições do próprio trabalho, como falta de ergonomia, excesso de horas em serviço e conflitos com colegas. Descobrir as justificativas deve ser o caminho que o RH tomará para reduzir o absenteísmo empresarial.

Rotatividade

O indicador de rotatividade, ou turnover, avalia a taxa de entrada e saída de servidores considerados estáveis dentro da empresa, ajudando a diagnosticar se a instituição está atrativa ou não para seus talentos.

A meta de toda organização é reduzir ao máximo seu índice de rotatividade, de forma a mostrar que possui um ambiente de incentivo ao crescimento, visando, assim, a retenção de colaboradores qualificados. Altas taxas de admissões e demissões refletem algum problema na saúde organizacional, de forma que necessite ser discutido uma nova reavaliação dos valores institucionais pelos líderes da empresa.

Treinamento

O investimento em treinamento dentro das corporações demonstra a preocupação dos gestores com o desenvolvimento da equipe, o crescimento pessoal de cada funcionário e a realização profissional individual e coletiva. O treinamento é essencial para manter as tarefas reguladas dentro da empresa.

Os treinamentos elevam a qualidade dos contratados e oferecem novas oportunidades para os funcionários que já atuam há mais tempo na instituição. Os indicadores de investimento em aperfeiçoamento pessoal podem medir a produtividade dos servidores que recebem ou receberam alguma capacitação.

Liderança

A identificação, manutenção e investimento em bons líderes é essencial para o sucesso de qualquer organização. Os indicadores de liderança auxiliam na análise da liderança organizacional, dão suporte para a identificação e formação de novas autoridades capazes de coordenar a empresa, ajudando no crescimento profissional dos colaboradores que já atuam em algum papel de chefia.

Os indicadores de desenvolvimento também são uma forma de economia, para que sejam reduzidos ou eliminados custos com profissionais que não se encaixam ou não desejam desempenhar um papel de destaque. Bons líderes garantem um bom direcionamento da equipe, com aumento de motivação e produtividade.

Competências

Montar uma nova equipe ou avaliar uma já existente depende do reconhecimento e avaliação das competências de seus membros ou das vagas disponíveis. Os índices que avaliam as múltiplas competência no trabalho são necessários para que se permita o estabelecimento metas esperadas para cada função.

Assim, é possível direcionar os funcionários para as funções de acordo com suas habilidades, o que gerará maior desempenho e satisfação na execução de suas atividades. O indicador serve também de apoio para os processos de recrutamento e seleção. Reconhecer as competências ajuda a preencher lacunas de vagas dentro da empresa com mais agilidade, eficiência e menores custos.

Capacidade e eficiência

Os indicadores de capacidade e eficiência são uma das formas de assinalar a produtividade das equipes da instituição nas tarefas que lhes são atribuídas no dia a dia. Esses resultados auxiliam os gestores a:

  • planejar melhor a distribuição de trabalhos dentro da empresa;
  • identificar as áreas ou pessoas que necessitam de capacitação, incentivo ou apoio;
  • analisar a necessidade de novas contratações;
  • verificar a necessidade de replanejamento organizacional.

Alguns fatores podem ser estudados para mensurar a capacidade e eficiência, como: tempo de execução das tarefas, processos utilizados, número de pessoas envolvidas para uma mesma ação e gargalos institucionais.

Cultura organizacional

A cultura organizacional diz respeito ao conjunto de crenças, hábitos, normas, valores, atitudes e expectativas compartilhadas pelos colaboradores dentro de uma instituição, sendo única para cada empresa.

Os indicadores de cultura organizacional apontam o nível de satisfação dos funcionários com a cultura e o clima organizacional, podem destacar se os fatores citados contribuem para a atração e retenção de talentos na firma, além de demonstrar se atuam como um diferencial da qualidade de serviço institucional.

O primeiro passo para estabelecer esse indicador é dado a partir do momento em que a empresa define suas metas, como deseja se posicionar perante o mercado e quais são os valores seus funcionários devem cultivar, sendo disseminados dentro das equipes, de forma a favorecer o crescimento coletivo.

Os indicadores de RH desempenham uma função de grande importância dentro das instituições, pois são o caminho para a identificação de forças, tendências, obstáculos e ameaças da empresa. São a base para a avaliação e definição das próximas condutas institucionais.

Você gostou de saber mais sobre os indicadores de RH? Então continue a visita em nosso blog: leia o texto “Felicidade no trabalho: saiba por que deixar seus funcionários felizes” e aumente seu conhecimento na área!